Amazônia será tema de painel exposto pelo governador do Pará durante o Fórum Mundial de Economia, em Davos

71

O Fórum Econômico Mundial é realizado até o dia 26 de maio, em Davos, na Suíça. O governador do Pará, Helder Barbalho, participará como palestrante da sessão principal intitulada “Parcerias Subnacionais para a Amazônia”, na agenda desta quarta-feira, 25. Subnacionais é uma denominação dos estados federados como o Pará. A sessão, que integra o mais importante evento do planeta sobre economia, está prevista para iniciar às 11h30 no horário de Davos, 6h30, no horário de Brasília, na sala Jakob Horns, do Congress Centre.

Foto: Agência ParáO estabelecimento da Política Estadual sobre Mudanças Climáticas e o Plano Estadual “Amazônia Agora” (PEAA) serão alguns dos pontos centrais para falar sobre a Amazônia, o que o governo estadual vem realizando para reduzir o desmatamento, paralelo a iniciativas que geram renda, mantenham a floresta de pé, e que ajudam a reduzir as emissões de carbono na atmosfera.  

“Terei oportunidade de falar sobre a Amazônia, contar aquilo que estamos fazendo no estado do Pará para reduzir o desmatamento, para fazer a construção de uma nova visão econômica, com a redução das emissões de carbono, contribuindo para um novo modelo. A Bioeconomia, a floresta em pé, a conciliação com a nossa população para que com isso possamos efetivamente garantir com que os R$ 9 milhões de paraenses, com a floresta em pé, possam juntos ter a solução para o presente e para o futuro, gerando emprego, renda, com uma economia sustentável”, garantiu o governador do Pará, Helder Barbalho.

Os temas discutidos durante o Fórum Econômico Mundial podem direcionar os próximos passos das principais economias do mundo, sendo uma oportunidade para dialogar e atrair investidores. “Tenho certeza de que aqueles que estão participando irão conhecer um grande exemplo de que é possível fazer a transformação, mas também precisam colaborar para que o Brasil e o Pará possam contribuir com o planeta”, acrescentou o gestor estadual paraense. Ainda nesta quarta-feira, 25, o governador participará do diálogo “Um novo Caminho para a Bacia Amazônica”.

Também participam do Fórum Econômico Mundial o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Mauro O’de Almeida, o secretário adjunto de Gestão de Recursos Hídricos e Clima, Raul Protázio Romão, o coordenador de Relações Internacionais, Everton Vieira Vargas, e a diretora de Bioeconomia, Mudanças Climáticas e Serviços Ambientais da Semas, Camille Bendahan Bemerguy.Por Aline Saavedra (SEMAS)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.