Seac e representantes de Parauapebas definem parcerias sobre serviços da UsiPaz

131

O município de Parauapebas, localizado no Sudeste do Estado, com mais de 218 mil habitantes – segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – também será polo de uma das Usinas da Paz (UsiPaz), projeto do Governo do Pará, integrado ao Programa Territórios Pela Paz (TerPaz). Na manhã desta segunda-feira (27), representantes da Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac), de secretarias municipais e entidades, e do prefeito de Parauapebas, Darci Lermen, se reuniram para verificar os serviços que serão disponibilizados na UsiPaz.Representantes do governo do Estado, da Prefeitura de Parauapebas e de entidades na reunião sobre mais um obra de impacto socialFoto: NUCOM/SEAC

“Hoje tivemos uma reunião muito importante em Parauapebas, onde pudemos alinhar com o prefeito Darci, as secretarias e entidades do município, a participação desse trabalho conjunto e integrado dentro do Programa Territórios pela Paz, para alocarmos os serviços públicos dentro da Usina da Paz implantada aqui em Parauapebas, que será entregue pelo governo do Estado. É um grande complexo comunitário, com serviços públicos, áreas para esporte e profissionalização. Esse é complexo permanente de serviços de qualidade, para transformar a realidade social do município. Esse trabalho não estaria completo se não houvesse um alinhamento entre o governo do Estado e a Prefeitura de Parauapebas, e neste trabalho em conjunto fornecer as ações que o povo precisa, para transformar vidas aqui no município”, disse o secretário adjunto da Seac, Raimundo Santos Júnior. 

“Essa reunião foi muito proveitosa hoje porque foi possível estabelecer esse contato com a Prefeitura de Parauapebas, e todo o secretariado que está responsável por realizar os serviços da prefeitura dentro da Usina da Paz. Com a reunião alcançamos todos os nossos objetivos. A prefeitura está muito entusiasmada com o projeto”, ressaltou o diretor das Usinas da Paz, coronel Marcos Lopes.

A Usina da Paz é integrada ao TerPaz, elaborado pelo Governo do Pará e coordenado pela Seac, em parceria com a iniciativa privada. A meta do Estado é a construção de 10 usinas, entre a Região Metropolitana de Belém e o sudeste paraense.

Darci Lermen, prefeito de ParauapebasFoto: NUCOM/SEACO prefeito Darci Lermen ressaltou a importância desta parceria e do projeto do governo do Estado. “Nós estamos muito felizes por se tratar de um espaço tão extraordinário, que vai trazer vantagens não só para os bairros Tropical e Ipiranga, mas para todos os moradores do município de Parauapebas. Por isso, essa parceria com o governo do Estado é de extrema importância. Posso falar que temos um governador presente, que vem sempre ao município e se preocupa com o nosso bem-estar. Hoje, essa reunião foi de extrema importância, porque pudemos alinhar esses serviços e dividir as tarefas, para que fosse definido tudo o que cada um precisa fazer e qual o papel de cada um na Usina. Realizar esse trabalho em parceria com o governo do Estado é maravilhoso”, afirmou o gestor municipal.

Cooperação – As obras da Usina da Paz em Parauapebas prosseguem em ritmo acelerado, executadas em parceria com a mineradora Vale, por meio de um termo de cooperação. O Estado não recebe nenhum recurso financeiro da empresa. A Usina será entregue ao governo pronta e equipada.

“Nós já vínhamos conversando, e participamos do planejamento desta obra. Sabemos os benefícios que esse complexo vai trazer para o município de Parauapebas; todos serão atingidos e assistidos. Hoje foi uma espécie de ajuste fino. Acertamos tudo. Esse será um complemento de todos os serviços que já realizamos aqui na comunidade, e com a Usina da Paz isso só vai facilitar, melhorar e ampliar o que já ofertamos”, frisou o secretário de Governo de Parauapebas, Keniston Braga.

A secretária adjunta Socorro Silva, da Secretaria Municipal de Educação de Parauapebas (Semed), destacou a importância a UsiPaz para a comunidade. “Essa é uma obra que vai trazer muitos benefícios para o município, não só para a região do Tropical e Ipiranga, mas para todo o município de Parauapebas. É uma ação muito boa”, ressaltou Socorro Silva.Gestores em frente às obras da UsiPaz em Parauapebas, que estão em ritmo aceleradoFoto: NUCOM/SEAC

Múltiplos serviços – As UsiPaz serão complexos de promoção da cidadania, com espaços para atividades esportivas; salas de audiovisual e inclusão digital; atendimento médico e odontológico; consultoria jurídica; emissão de documentos; ações de segurança; capacitação técnica e profissionalizante, e espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade. Também haverá espaços para cursos livres e de dança, teatro, robótica, artes marciais, musicalização e biblioteca.

“Com essa parceria, quem vem a ganhar é a nossa população. Aqui vamos desenvolver esse trabalho em conjunto, onde podemos alcançar metas, além de dar apoio para os jovens e os moradores de um modo geral. Esses serviços vão ser realizados por várias secretarias. Atualmente, já realizamos vários trabalhos, que vamos levar para a Usina, como oficinas de canto, literatura, dança, e entre outros serviços que vão agregar ainda mais valor à vida da comunidade”, destacou Sadisvan Pereira, titular da Secretaria Municipal de Cultura de Parauapebas.

No final da tarde, os representantes da Seac visitaram o canteiro de obras da Usina da Paz. A previsão é que o equipamento público seja entregue à população ainda neste ano.Por Elizabeth Teixeira (SEAC)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.