População de Parauapebas tem até domingo para contribuir com PPA

131

A meta era alcançar em torno de 15 mil pessoas, mas até a manhã desta quinta-feira, 19, pouco mais de 1,4 mil pessoas haviam preenchido o formulário on-line com as respostas sobre as prioridades que a Prefeitura de Parauapebas deve estabelecer para cada um dos bairros do município e fixar esse compromisso no Plano Plurianual (PPA) do quadriênio 2022/2025.

A baixa participação popular preocupa o governo municipal, que decidiu prorrogar desta sexta-feira, 20, para domingo, 22, o prazo para que a população contribua com a elaboração do projeto mais importante para qualquer município, pois é a partir do PPA que o poder público define onde e como irá aplicar o seu orçamento em educação, segurança, saneamento, saúde, agricultura, cultura e demais áreas.

“O PPA é um instrumento de planejamento para os próximos quatro anos, que contempla os três anos de mandato do gestor atual e o primeiro ano do seu sucessor. E o planejamento é a antecipação daquilo que o prefeito tem que fazer no município”, diz a secretária municipal da Fazenda (Sefaz), Maria Mendes.

A participação popular nas leis orçamentárias municipais está prevista na Constituição. Contudo, devido à pandemia da covid-19 não foi possível realizar as plenárias nos bairros para ouvir a população.

O formulário on-line foi a saída encontrada para os moradores se manifestarem. “A gente fica feliz quando a população participa e vê que o seu bairro foi contemplado com obras da prefeitura. Agora, quem não participa não pode cobrar depois”, pondera Maria Mendes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.