Policlínica do Mangueirão muda para o Mangueirinho, em Belém

211

O atendimento da Policlínica do Mangueirão, em Belém, vai passar a ser realizado na Arena Guilherme Paraense, ao lado do Mangueirão, a partir desta segunda-feira (1º), com entrada pelo portão 5. A mudança de local foi necessária, devido a reforma no Estádio Mangueirão.

Segundo a diretora técnica da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Carla Figueiredo, a escolha do novo local de atendimento foi pela localização e espaço.

“Em virtude da reforma que o Estádio do Mangueirão vai passar, a policlínica teve que mudar de local e o local mais próximo e que apresenta um espaço parecido, é o Mangueirinho. Vamos continuar atendendo de segunda a sábado, de 8h às 17h, com 250 atendimentos e exames de RT-PCR”, informa a diretora.

Atualmente o Mangueirinho também está servindo como ponto de vacinação contra Covid-19, mas a diretora garante que os serviços não vão se misturar.

“O atendimento da policlínica vai ser de um lado e a vacinação com a Prefeitura Municipal vai ser de outro lado, não será um espaço compartilhado, serão entradas e acessos diferentes, para quem busca atendimento na policlínica, a entrada é pelo portão 5 ”.

A abertura das Policlínicas Itinerantes foi uma das principais iniciativas do Governo na assistência aos pacientes com suspeita de Covid-19, no ponto alto do contágio no Estado. As unidades são referência no atendimento de pacientes com sintomas leves de Covid-19, em Belém e na região Metropolitana. Os pacientes que apresentarem sintomas graves devem procurar uma Unidade de Pronto Atendimento.

“O foco da Policlínica Itinerante são os casos leves e moderados. Os pacientes que apresentarem sintomas graves, como falta de ar, desconforto respiratório acentuado devem se encaminhar para as UPAS. Diariamente, estamos atingindo nossa meta de atendimentos, mas precisamos alertar a população para continuar se cuidando e mantendo os protocolos de segurança, higienização das mãos, uso de máscara e manter o distanciamento social’’, alerta a diretora técnica da Sespa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.