O Assunto #361: O estrago da versão mais contagiosa do corona

362

A mutação B.1.1.7 do coronavírus já foi registrada em mais de 30 países, entre eles o Brasil. Primeiro a identificá-lo, o Reino Unido registra mais de 50 mil casos diários há uma semana. Para tentar conter o avanço da nova variante, o premiê Boris Johnson reagiu e decretou o terceiro lockdown no país – este, mais longo, pode durar até março. Para explicar a trajetória desta variação do vírus e suas particularidades, Renata Lo Prete entrevista a jornalista da TV Globo em Londres Natalie Reinoso e a imunologista Ester Sabino, professora da Faculdade de Medicina da USP e primeira cientista a sequenciar o genoma do coronavírus no Brasil. Natalie detalha as medidas de restrição no Reino Unido e os dados de contágio atualizados. Ester explica por que esta é a mutação que mais preocupa e sugere o que podemos fazer para frear sua disseminação: “Deveria ter um cuidado maior com as pessoas que estão chegando de fora do Brasil”. Segundo ela para “diminuir o número de entradas” da nova variante por aqui. Ester fala que este é o momento de manter os cuidados para evitar a propagação: “Não tem outra saída até que a vacina esteja disponível para toda a população”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.