Justiça concede habeas corpus preventivo para ex-secretário de saúde de Belém

203

A Justiça concedeu um habeas corpus preventivo para o ex-secretário de saúde de Belém, Sérgio Amorim. Esta decisão da justiça impede que o ex-secretário seja preso, caso a prisão dele venha a ser decretada.

Sérgio Amorim é investigado por supostas fraudes na compra de dez respiradores pulmonares pela prefeitura de Belém. Ele foi exonerado do cargo a pedido, após a Operação Quimera, da Polícia Civil, realizada no início de outubro na capital, quando houve o cumprimento de 12 mandados de busca e apreensão.

De acordo com a Polícia, a compra dos equipamentos teria usado recursos do fundo municipal de saúde. E o prejuízo aos cofres públicos passaria de R$ 750 mil. O ex-secretário de saúde nega qualquer irregularidade na compra dos respiradores.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.