Flávio Dino explica sobre a fragmentação do grupo Sarney nas eleições de 2022

172

Durante entrevista na última terça-feira (1º) o governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), falou sobre a relação da família Sarney com as eleições deste ano e o apoio do grupo a pré-candidatura de Carlos Brandão. Dino explicou que o grupo do ex-presidente está estratificado.

“Hoje, nós tempos pessoas historicamente ligadas ao grupo Sarney ligado a candidato A, a candidato B, candidato C. Então eu não sei se, em algum momento, eles atuarão como grupo. O vice-governador Brandão terá apoio, provavelmente, de uma parte do grupo Sarney. Outras partes estão com outros candidatos. Agora eu realmente acho que, em termos de organização partidária, isso só vai ficar mais nítido mais adiante. Se essa fragmentação do grupo Sarney vai se manter em várias candidaturas ou se eles vão se unificar no apoio a uma única candidatura”, ponderou o governador.

Mesmo assumindo que parte do grupo provavelmente apoiará Brandão nas eleições de 2022, o governador garantiu que não está participando das negociações.

“Houve essa reconfiguração da política do MA. O grupo liderado pelo ex-presidente José Sarney, hoje, é pequeno. Não que seja inexistente, mas é muito reduzido. Continua a ter sua importância, mas não ocupam mais um dos polos da disputa estadual. O tempo altera as relações políticas. (…) Acho que o grupo liderado pelo ex-presidente Sarney vai participar da eleição estadual, porém, se aliando a outros grupos. E isso ainda é um debate aqui na política maranhense. Eu próprio não tenho participado desse tipo de negociação”, pontuou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.