Alckmim filiará no PSB e será vice de Lula; no MA, Brandão também irá para o partido e terá um vice do PT

113

O ex-governador Geraldo Alckmin saiu nesta quarta-feira (15) do PSDB – do qual foi um dos fundadores, há 33 anos. Em uma rede social, Alckmin disse que “é tempo de mudança” e que chegou a “hora de traçar um novo caminho”. Ele governou São Paulo quatro vezes. Em 2006 e 2018, foi candidato à Presidência da República.

Na movimentação dos partidos para a eleição do ano que vem, a filiação de Geraldo Alckmin ao PSB é considerada quase certa, e ele próprio admitiu a possibilidade de ser candidato a vice-presidente na chapa de Lula, do PT.

A dobradinha PT e PSB tem reflexo direto na política do Maranhão. O governador Flávio Dino, trabalha para filiar o seu candidato ao Palácio dos Leões, Carlos Brandão, no PSB. Atualmente, o vice-governador está filiado ao PSDB.

A se confirmar a filiação de Brandão ao PSB, o partido deverá abrir espaço para ter um petista como candidato a vice na chapa. O favorito é o atual secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.