Estado abre espaço para vacinação contra a Covid-19 no Aeroporto de Belém

228

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), instalou nesta sexta-feira (03), na área de desembarque do Aeroporto Internacional de Belém, um espaço de vacinação contra a Covid-19, que funciona simultaneamente com a Central de Testagem RT-PCR, em atividade desde julho deste ano. A ação disponibiliza doses das vacinas Oxford/AstraZeneca, Coronavac/Sinovac e Pfizer, além das vacinas contra Influenza e a Tríplice Viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba.O espaço dispõe de vacinas contra Covid-19, gripe, sarampo, rubéola e caxumbaFoto: Mozart Lira / Ascom Sespa

Realizada pelas equipes da Sespa, a ação funcionará diariamente, das 8 às 18 h, por tempo indeterminado. A decisão de vacinar pessoas no Aeroporto atende a uma estratégia do governo do Estado que visa elevar a cobertura vacinal contra a Covid-19 em todo o Pará, por meio de várias linhas de ação, como as que ocorrerão nas ações do TerPaz (Programa Territórios pela Paz), a partir deste sábado (04), e nos demais finais de semana, como também nas atividades conjuntas com o Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) em 10 municípios prioritários: Altamira, Ananindeua, Cametá, Castanhal, Itaituba, Marabá, Redenção, Santarém, São Félix do Xingu e Tucuruí, que foram selecionados a partir da avaliação dos dados epidemiológicos e de cobertura vacinal.

Além de elevar a cobertura vacinal, essas iniciativas pretendem atualizar os dados no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) e promover uma grande mobilização social a favor da vacinação em massa contra a Covid-19 no Pará.Coleta de Swab nasofaríngeo é outro serviço oferecido pela equipe da SespaFoto: Mozart Lira / Ascom Sespa

Abordagem rápida – Assim como vem ocorrendo com o fluxo de testagens, a vacinação é voluntária e os passageiros são abordados por técnicos da Sespa já na sala de desembarque. Na sequência, são atendidos pelos profissionais da Secretaria para o preenchimento de ficha com dados pessoais e realização da vacinação ou da coleta de Swab nasofaríngeo.

A abordagem dura de 3 a 5 minutos, e não toma muito tempo do passageiro, que fornece alguns dados, sobretudo onde ficará no Estado. No caso da vacinação, a aplicação será para quem busca a 1ª, 2ª e 3ª dose (reforço), após cinco meses da segunda dose. Para participar é necessário levar CPF e comprovante das doses já realizadas, seja por meio da carteira impressa ou pelo aplicativo “Conecte SUS”.Foto: Mozart Lira / Ascom Sespa

O Aeroporto Internacional de Belém é o primeiro do Pará a oferecer vacinação contra a Covid-19. Na capital, as atividades contam com o apoio da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

O secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho, avalia que o trabalho feito pelas equipes da Sespa confirma o compromisso do governo estadual em combater a Covid-19 com transparência e rapidez. “A expectativa é que tenhamos mais pessoas protegidas e possamos melhorar nossa cobertura vacinal”, reitera.Por Mozart Lira (SESPA)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.