Qualificampo vai capacitar 450 jovens da zona rural de Parauapebas

44

Na última segunda-feira, 29, a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal da Juventude (Sejuv), lançou o Qualificampo. O projeto vai capacitar 450 jovens, entre 15 a 29 anos, da zona rural do município por meio de dez cursos profissionalizantes. As aulas iniciam ainda essa semana nos polos beneficiados.

“Teremos cinco polos durante três meses de capacitação profissional. Vila Paulo Fonteles, Cedere, Palmares I, Palmares II, Vila Sansão e os jovens de comunidades próximas também se beneficiam”, explica o secretário da Juventude, Yuri Sobieski. “O principal objetivo é justamente incentivar, valorizar e, acima de tudo, capacitar a juventude do campo”, destaca.

Outro ponto importante do projeto é a valorização da “prata da casa”, pois os instrutores dos cursos ofertados são moradores das próprias comunidades beneficiadas, gerando emprego e renda para esses jovens. “Eu vejo isso como uma porta, uma linda porta aberta para os nossos jovens da nossa comunidade. Estou muito feliz e estou contente em poder ajudar”, conta a instrutora de curso Gabriela Almeida, moradora da Vila Paulo Fonteles.

O vice-prefeito, João Trindade, declarou a abertura oficial do Qualificampo. Ele fala da importância de se pensar na capacitação dos jovens do campo e de incentivar o gosto pela produção rural, tendo em vista que os cursos ofertados são uma mescla de capacitações para áreas administrativas e ciências agrárias.

“Um momento que representa muito no avanço e desenvolvimento da nossa juventude. Principalmente na área rural. É o governo saindo da cidade e chegando até o campo. Que eles continuem trabalhando, produzindo e desenvolvendo a nossa região de uma maneira sustentável”, considera João Trindade.

O presidente da Associação de Moradores da Paulo Fonteles, Josemar Rodrigues lembra da dificuldade que os jovens do campo encontram para fazer o deslocamento até a zona urbana em busca de qualificação profissional. “Em se tratando do campo, é um prazer maior porque tem a dificuldade dos nossos jovens se deslocarem da comunidade para a cidade. E isso tem um custo. Então, eles vão receber um curso gratuitamente, que para nós é de um grande prazer”, afirma.

O lançamento contou com a participação dos vereadores Francisco Eloécio e Miquinha. Os secretários municipais Milton Zimmer, Leandro Brandão e Wanterlor Bandeira.

Texto: Morgana Albuquerque

Fotos: Orion Lima

Assessoria de Comunicação/PMP

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.