Parauapebas faz bonito e leva 64 medalhas ao pódio no Grand Prix de Judô – edição 10 anos

35

Em clima de comemoração pelos 10 anos de criação do Grand Prix de Judô de Parauapebas, 250 judocas do Tocantins, Amapá, Pará e Maranhão se reuniram no último sábado, 2, no ginásio Islander Sousa. A competição marca também o retorno do evento, suspenso em 2020 devido à pandemia do novo coronavírus.

Promovido pela Associação Esportiva e Paradesportiva do Pará (Aepa), o evento recebeu o apoio da Prefeitura de Parauapebas, por meio das secretarias municipais de Esporte e Lazer (Semel), Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi) e Saúde (Semsa).

A disputa foi acirrada e Parauapebas foi muito bem representada pelas instituições Aepa e o Instituto Samurai Zen, que levaram 51 e 13 medalhas respectivamente.

As duas instituições são Organizações da Sociedade Civil (OSC) do segmento esportivo e foram contempladas com o termo de fomento disponibilizado pela Prefeitura de Parauapebas no segundo semestre deste ano.

Oito categorias disputarem o pódio: Sub 13 (11 a 12 anos), Paralímpico (atletas alto rendimento), Sub 15 (13 a 14 anos),  Sub 18 (15 a  17 anos),  Sub 21 (18  a 20 anos),  Sênior (acima de 21 anos),  Master (a partir de 30 anos) e a categoria Festival Mirim em que  atletas de 4 a 9 anos, independentemente de ter tido vitória ou não, todos receberam medalhas de ouro como um incentivo oferecido pelos organizadores da competição.

O Grand Prix deste ano contou com a equipe de arbitragem da Federação Paraense de Judô (FPAJU).

Homenagens

O Grand Prix é um dos projetos que a Aepa leva adiante há 10 anos. E para marcar sua primeira década, uma solenidade de abertura foi realizada com a presença de vários convidados, e uma medalha de Honra ao Mérito Judoísta Antônio Cordeiro foi entregue para alguns homenageados.

Entre os nomes da lista de homenageados estava o atleta da Seleção Brasileira Paralímpica de Judô, Thiego Marques; o titular da Secretara Especial de Governo, Keniston Braga; o médico Adilson Santana; o ex – presidente da Federação Paraense de Judô, Eduardo Pinho, e o professor da Universidade Estadual do Pará (Uepa), Fernando Pereira de Jesus.  

Outros convidados que também marcaram presença foram: o secretário municipal de Esporte, Leandro Gambeta; o vereador Francisco Eloécio, que também é o atual presidente da comissão de Desporto na Câmara Municipal de Parauapebas; o presidente da comissão de Atletas de Judô da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV), Hályson Boto; o presidente da Federação Paraense de Desportos Visuais (FPDV), Thiago Ferreira, e o secretário geral da CBDV, Helder Maciel Araújo.

Neste ano, a organização do evento premiou também as delegações com os maiores resultados no quadro geral de medalhas:

1º lugar – Aepa (51 medalhas)

2º lugar – Amam (19 medalhas)  

3º lugar – Paragominas (11 medalhas)  

4º lugar – IFPA (9 medalhas)  

5º lugar – Itakira (7 medalhas)

Outros destaques:

  • Os títulos Maior Delegação Geral (maior número de inscritos) e Maior Delegação do Interior do Pará ficaram para a Aepa;
  • Maior Delegação Máster (maior número de inscritos de atletas na categoria Master acima de 30 anos) foi para a Amam.

Texto: Cleidi Rodrigues/Comunicação Semel

Com informações da Aepa

Fotos: Elienai Araújo

Assessoria de Comunicação/PMP

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.