Audiência sobre a morte da cantora Cleide Moraes é adiada para 9 de julho em Benevides

201

A juíza da Vara Penal de Benevides, Edilene de Jesus Barros Soares, remarcou para o dia 9 de julho a audiência sobre a morte da cantora Cleide Moraes, que estava marcada para esta quarta-feira (19). A audiência foi adiada porque os advogados do acusado não compareceram alegando estarem infectados pelo coronavírus.

A magistrada determinou que o acusado apresente em 24 horas laudos da doença dos advogados ou informe nome de novo advogado.

Morte de Cleide

cantora morreu no dia 26 de julho, em um acidente de trânsito na rodovia PA-391, estrada de acesso a ilha de Mosqueiro, próximo do município de Santa Bárbara.

Investigações da Polícia Civil apontam que Victor Hugo dos Reis Morais, de 26 anos, estava embriagado no momento da colisão que vitimou a artista. Em julho de 2020, a Justiça concedeu liberdade ao acusado. Na época, a juíza concedeu o benefício provisório, após pagamento de fiança no valor de R$ 10.450,00.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.