Pedreiro é acusado de estuprar criança de 4 anos

275

Jhon Alex foi preso, acusado do crime de estupro de vulnerável  Homem que encheu a cara de cachaça e praticou atos libidinosos contra criança de apenas quatro anos de idade, foi parar no Presídio de Redenção.
O pedreiro Jhon Alex da Silva Souza, 44 anos, residente no setor Alto Paraná, foi preso, acusado de crime de estupro de vulnerável praticado contra uma criança de 4 anos de idade. A prisão de Alex ocorreu quando ele se encontrava tomando umas cachaças na  casa de um amigo que desconfiou que o mesmo tivesse passado a mão na vagina da afilhada, de apenas quatro anos de idade. De acordo com o denunciante, ele já havia desconfiando que o pedreiro abusasse sexualmente da criança toda vez que ficava embriagado, mas nunca teve a oportunidade de constatar a veracidade do fato. Na tarde da última segunda-feira a testemunha, que não quis ser identificada, observou um comportamento estranho da criança depois que a mesma saiu de perto do acusado. Em uma conversa com a mãe, a a vítima disse que o homem havia tocado nas partes íntimas dela.  Embriagado, o pedreiro foi preso por uma equipe da Polícia Civil de Redenção, comandada pelo delegado Washington de Oliveira, que solicitou de imediato o exame de conjunção carnal da criança. Segundo informações da polícia, o exame que foi feito no Hospital Municipal Iraci Machado, constatou que a vítima realmente sofreu abuso sexual. Para o delegado, a criança disse que o pedreiro havia colocado o dedo na vagina dela. O relato foi feito diante de dois conselheiros tutelares e da mãe da menina. O laudo médico constatou vermelhidão e sinais de manipulação na vagina da vítima.   Diante dos fatos o acusado foi autuado pelo delegado Washington, pelo crime de estupro de vulnerável e será transferido para o Presídio de Redenção, onde vai aguardar a sentença da justiça. Dinho Santos    

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.